Nina Simone: Demonstração de requinte agora documentada via Netflix

A Nina Simone é um dos nomes mais básicos dentro da música mundial, todo mundo deveria conhecer esse nome e respectivo som. A imagem impactante, forte mas ao mesmo tempo meiga, poética porém veementemente ativista e sublime sob panos quentes, sempre nos relembrando do mais importante: A música é a arte de emocionar pelas notas, criando melodias como se o lance fosse casual, sempre com requinte e elevação do grau de toda essa embriaguez que guia a apreciação sonora, tarefa que Nina foi P.h.D.


Só que infelizmente a providência divina não se fez presente na vida de Simone quando esta ainda habitava o mesmo plano que eu e você, caro leitor. Enquanto viveu sua música foi apreciada por muitos, mas mesmo assim foi uma força da natureza que nunca explorou todo o potencial que tinha, logo, é desnecessário pontuar a grande felicidade com que o documentário ''What Happend, Miss Simone?'', foi recebido pelos fãs das raízes Jazzísticas, Funkeadas e convergentemente negras que essa senhora tanto batizou com o suor de seu talento.


Dirigido por Liz Garbus, o registro carrega cenas ainda não vistas, filmagens raras e toda a sorte de conteúdo ilustrativo que permeou uma das mentes mais fascinantes da música, que como poucos sobe atuar muito bem dentro e fora dos palcos.

Agora sua história de luta e raça será contada para quem já conhecia, quem não conhecia e espera-se que o público brasileiro reconheça a força desse nome e o fervor dos timbres do piano que sua voz bancava sem jamais sair do tom. Fiquem ligados, a estréia esta marcada para o dia 26 de junho e abaixo ainda é possível conferir um trailer desse tratado em prol de grooves!

0 comentários: