Metá Metá - EP 2015

Enquanto aguardamos pelo terceiro disco de estúdio do Metá Metá, uma das bandas mais especiais, brilhantes e diferenciadas que a cena brasileira nos brindou em tempos recentes, o trio segue embalado e vai rumo a terceira tour européia. Mas para provar que os músicos envolvidos também se solidarizam com a espera dos fãs, a banda disponibilizou um aperitivo para o terceiro disco com um EP gravado na véspera do embarque para mais uma visita aos pólos desenvolvidos.


Line Up:
Juçara Marçal (vocal)
Thiago França (saxofone barítono e tenor)
Kiko Dinucci (guitarra/violão/vocal)
Marcelo Cabral (baixo)
Serginho Machado (bateria)



Track List:
''Atotô''
''Me Perco Nesse Tempo''
''Cadê as Armas''

Temos aqui cerca de 10 minutos de um som que para variar é formidável. O trio é de uma criatividade soberba e o EP espanta pela alta qualidade instrumental uma vez mais. O primeiro tema, ''Atotô'', criação de Kiko Dinucci, foi gravado originalmente por ele e Juçara no ano de 2007 para o disco ''Padê''.

A banda aproveitou para registrar esses temas, pois muitos deles entraram na rota de set list para shows só que nunca tinha sido devidamente gravados. E ''Atotô'' entra com o time no topo de seu jogo. O baixo vem cavalgando, o sax ronrona e a voz da senhorita Marçal segue absolutamente cristalina, sempre em meio a mudanças de tempo, peso e melodia, surpreendendo o ouvinte pelo equilíbrio de força e sutileza em meio a mais uma dose de lírica poética.


''Me Perco Nesse Tempo'' foi o som que mais surpreendeu. Trata-se de uma jam registrada pelo grupo brasileiro ''As Mercenárias'', evidenciado uma nova faceta no grupo do workaholic Thiago França e deixando claro como o som do grupo não possui nenhuma amarra dentro de questões estéticas, até com Punk os caras mostram feeling.

E a maneira que o sax trabalha nesse som particularmente é bela. É praticamente um metal que emula pedais em puro frenesi free Jazz, sempre elementar dentro de uma imersão de ruídos, bateria bem na linha Ramones da força e linhas vocais raivosas com a parceiro de Kiko e Juçara.

Finalizando o tira teima com ''Cadê as Armas'', Metá Metá na essência com o samba de Douglas Germano e a revolução da MPB silenciosa, sem frescura, com experimentação sonora e nenhum pingo de frescura vanguardista, rumando para o novo e mostrando que o futuro é lindo e acústico.

Se em 10 minutos o nível é assim, com um Full de mais de meia hora os ouvintes vão precisar sentar! Coisa linda, sonzeira fina, baixem aqui e escutem logo abaixo enquanto aguardam a finalização do download!

0 comentários: