A nobre psicodelia grega do debutante do Naxatras

Ano passado, logo após a virada do ano, um dos meus maiores desejos era saber quem foi o cretino que teve a ideia de colocar comercias no Youtube. Esse ano ainda desejo saber quem foi esse grande mentecapto, cidadão que além de me fazer perder cinco segundos a cada click, também implementou comercias OBRIGATÓRIOS e que interrompem minha música diversas vezes quando você está ouvindo um disco completo ou sacando uma playlist.


E a cada dia que passa, o mais popular antro de vídeos da internet segue cada vez mais petulante. A última pataquada foi deletar um disco completo que postei e ainda criar uma ferramente que, ao final de cada vídeo, já escolhe um próximo play automaticamente, mas não é só isso (nossa senhora, a onda de crimes nunca termina), ''eles'' iniciam o mesmo sem você ter liberado essa ação.

Um verdadeiro absurdo, se bem que se não fosse esse infortúnio, talvez nunca tivesse ouvido falar do Naxatras, banda grega que destila a mais fina, pura e bruta psicodelia e que além de debutar esse ano, só chegou nos meus fones pela petulância do Youtube. Ah se eu trombar algum publicitário na rua.

Line Up:
John Delias (guitarra)
Kostas Harizanis (bateria)
John Vagenas (baixo/vocal)


Arte: Chris RW

Track List:
''I Am The Beyonder''
''Sun Is Burning''
''Space Tunnel''
''Shiva's Dace''
''Downer''
''Waves''
''The West''
''Ent''


Depois de juntar o trio que gravou esse registro, esse debutante não foi fácil de ser gerado, pois os envolvidos tocaram durante três anos para lapidar as composições e blindar esta belíssima jam com toda a fluência necessária, atingindo um patamar altíssimo e lembrando nomes já consagrados nessa onda psicodélica com energias Jazzísticas, como o Causa Sui.

Antes que esse exemplo possa soar comparativo demais, acho que o fator diferencial no duelo Causa Sui X Naxatras é que ao som dos gregos a viagem é mais focada na psicodelia. A roupagem de timbres é bem parecida, o som não possui pontos fracos, mas o lance é tirar você de órbita.

São temas que começam, se desenvolvem e terminam com uma grandiosidade impressionante, começando com ''I am The Beyonder'', tema que cresce na timbragem conforme o tempo vai passando, e rapaz, as jams são longas.


A base dos sons é progressiva, as músicas espantam pela criatividade e mostram-se sempre cheia de possibilidade, com um vocal que surge para pequenos insights. Nota-se que o lance é a química da linguagem instrumental, o verbal vai ser a descrição chapante que você dará para seus amigos quando ouvir isso.

São oito faixas é verdade, mas a insanidade é duradoura, bate os 60 minutos e você nem percebe. A instrumentação possui uma timbragem bastante limpa e serena, mas o peso existe, não é algo muito avassalador, mas o sentimento dos caras comprova que não é preciso ser Trash para mostrar serviço na potência sonora, ''Sun Is Burning'' que o diga.


Esse é o tipo de disco que você vai querer comprar em vinil e levar numa vitrola para ouvir no parque, fazendo cosplay de anos setenta e observando como o cenário se altera entre os takes. Com ''Space Tunnel'' as folhas caídas, quase que poeticamente sob o gramado, ficam até mais verdes, ''Shiva's Dance'' é a trilha perfeita para o sol encerrar mais um dia de trabalho, enquando ''Downer'' e ''Waves'' são experimentações perfeitas para sentir a temperatura abaixando e ver que mais uma noite que chega.

Eis aqui um disco que você colocará no play como se fosse uma longa suite, os nomes das músicas serão esquecidos por que ninguém que gosta de discos nessa onda coloca temas isolados, o lance é ouvir tudo e encarar os fatos: você só conhecerá ''I am The Beyonder'' & ''Ent'' por que elas marcam o início e o fim do disco respectivamente. Um dos melhores que ouvi neste ano. Smoking Weed. Que baixo.


27 comentários:

  1. adblock plus vai parar com os anúncios, baby.
    e essa banda é FODA.
    ;*

    ResponderExcluir
  2. Com a graça do senhor, viva a psicodelia! hahaha

    ResponderExcluir
  3. conheci a banda Naxatras pelas sugestões do youtube também! Recomendo!

    ResponderExcluir
  4. Baita banda, que tb conheci pelo youtube. Parabéns pela matéria!

    ResponderExcluir
  5. Valeu Mairon, espero que volte pra sacar outras, ano que vem o Naxatras lança o segundo trampo!

    ResponderExcluir
  6. Eita, esperando ansiosamente o prox album do naxatras, virei fã

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Achei hilário perceber q a minha descoberta desse tesão de banda tem em comum o fato irônico das inconvenientes propagandas do propriamente dito popular antro de vídeos. Querendo saber mais sobre a banda foi o que me levou até aqui onde conheci Causa Sui q estou ouvindo no momento e por sinal achei muito boa tb. Achei muita graça nisso tudo e gostaria de parabenizar e agradecer pelo trabalho do Macrocefalia Musical. Tenho algo comparativo tb para mencionar ou que pelo menos essa nuance musical me fez lembrar, o trabalho de uns amigos que experimentam a música instrumental. Espero ter contribuído. Vale conferir :https://www.youtube.com/watch?v=U1AbOHNrV1A

    ResponderExcluir
  10. Opa, claro que que conta! Música boa precisa ser compartilhada e eu vou sacar esse link agora, no ato! hahaha Fico feliz que tenha gostado dos sons e do espaço, espero que confira sempre e fique ligado, pois logo menos sai o segundo do Naxatras! hahaha

    ResponderExcluir
  11. Cara, muito legal tua análise sobre essa banda. Acabei de descobrir tbm e to ficando chapado só de ouvir esse álbum, é uma pérola pros dias de tensão que temos passado nessas semanas, meses e anos. Valeu pela sua opinião e por citar essa Causa Sui, tbm ouvirei. Aliás, descobri o (ou a) Naxatras na sugestão do Ytube tbm, e foi ouvindo Samsara Blues Experiment. Uma boa tbm: https://www.youtube.com/watch?v=6vpOHq8bkzA

    Abraço.

    ResponderExcluir
  12. Agradeço pelo elogio Lucas, agora resta ficar ligado pro segundo disco dos caras, acho que logo menos sai! O Causa Sui é o mais puro veneno, o Samsara é outra banda que me tira de órbita sempre que possível hahaha

    ResponderExcluir
  13. Putz, descobri o excelente Naxatras também por acaso... estava ouvindo uma playlist de psicodelia e a seguir veio este álbum. Ao pesquisar sobre o grupo caí aqui e pude também achar outra pérola que não conhecia... o Causa Sui...

    ResponderExcluir
  14. O Causa Sui é outro belo grupo. O Naxatras liberou um EP e vai soltar o próximo disco logo logo. Com certeza teremos uma review aqui!

    ResponderExcluir
  15. smoking weed, de que banda mano? não achei do naxatras. agradeço

    ResponderExcluir
  16. Sintetizou bem cara. Eu me perco no som desses caras.

    ResponderExcluir
  17. Alguém ai curtiu o samsara aqui no RJ esse ano de 2017?

    ResponderExcluir
  18. Esses caras são muito bons... E tem o Universal Hippies... O que achas dessa banda(U.H.)???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa Universal Hippies é muito doida também!!!
      Esse canal https://www.youtube.com/channel/UCknVpWR6m2Ijzkqo-aPXs_g tem muito Stoner de primeira!!!

      Excluir
  19. Parece que todo mundo descobriu por acaso... até o blog foi no acaso... legal!!!!

    ResponderExcluir
  20. Eu ainda me perco Tuca, mas agora um pouco menos hahaha. O Samsara eu saquei em sampa, tem até a resenha do rolê daqui!

    ResponderExcluir
  21. HAHAHA todos fomos salvos pelo acaso man!

    ResponderExcluir
  22. Puta análise! Descobri da mesma forma, ao acaso! E foi um dos melhores achados...

    ResponderExcluir