Grateful Dead - Sunshine Daydream

O Grateful Dead acabou em 1995, mas quem é fã do grupo sabe que o círculo da banda está longe de acabar, e seus lançamentos póstumos são a maior prova disso. O Dead lança material novo todos os anos e em vários formatos, já que a banda possui rolos e mais rolos de gravações excelentes.

Gigs que fizeram a trilha cobrindo desde a década de sessenta até o meio da década de noventa, tudo com um trabalho perfeito e com uma equipe fantástica por trás de tudo isso. São 5 box sets, 42 shows ao vivo (registrados tanto em vinil como em CD), séries clássicos como os 36 trabalhos com o nome de ''Dick's Picks'', 17 com a alcunha ''Road Trips'', 15  Dave's Picks...


São dezenas de lançamentos e isso que citei acima foi apenas uma parte deste vasto material. A banda trabalha dia após dia para manter o nome da Jam intacto, sempre com edições fantásticas e um casamento perfeito com a Rhino.

Os psicodélicos são mestres nos quesitos finalização e qualidade de cada peça que aparece no mercado, seja com livros de foto, gravações raras, caixinhas duplas, triplas, quádruplas e pack's com tiragem limitada... De fato é um trabalho brilhante, mas o problema é bancar tudo isso morando no Brasil.

Os Deadheads competem entre si nessa modalidade. Se você entrar na internet e procurar, verá alguns cidadãos que dizem possuir TUDO que já saiu com o nome da banda. São coleções lindíssimas, mas que nós, brasileiros, temos que admirar a distância, já que pouquíssimas edições conseguem chegar ao nosso país.

Mas graças à Globalização, o excelente ''Sunshine Daydream'' (lançado dia 17 de setembro de 2013), conseguiu passar as barreiras da distância e atingir a vitrola daqui de casa. Finalmente o show mais pedido pelos fãs da banda foi lançado e tudo que envolveu este árduo trabalho é absolutamente recompensador, a qualidade é soberba mais uma vez.


Line Up:
Jerry Garcia (guitarra/vocal)
Donna Jean Godchaux (vocal)
Keith Godchaux (teclado)
Bill Kreutzmann (bateria)
Phil Lesh (baixo/vocal)
Bob Weir (guitarra/vocal)



Track List CD1:
First Set
''Introduction''
''Promised Land'' - Chuck Berry
''Sugaree''
''Me And My Uncle'' - John Phillips
''Deal''
''Black Throated-Wind''
''China Cat Sunflower''
''I Know You Rider''
''Mexicali Blues''
''Bertha''


Track List CD2:
Second Set
''Playing In The Band''
''He's Gone''
''Jack Straw''
''Bird Song''
''Greatest Story Ever Told''


Track List CD3:
Third Set
''Dark Star''
''El Paso'' - Marty Robbins
''Sing Me Back Home'' - Merle Haggard
''Sugar Magnolia''
''Casey Jones''
''One More Saturday Night''


Nos discos ao vivo temos mais um verdadeiro arregaço no quesito instrumental. A banda estava no auge e o set list é mais uma bela e agradabilíssima surpresa, repleto de temas dos mais variados períodos da banda.

Fora a trinca ao vivo, temos também um video que cobre uma parte do show. São quase duas horas de filmagens, registros psicodélicos completamente chapados que além de serem o maior sonho de consumo dos fãs mais antigos do grupo, possui uma peculiaridade que muito me impressionou: aqui Jerry Garcia toca com uma Fender durante todo o espetáculo.

Sim meus amigos, durante todo o show o barbudo deixou sua guitarra assinatura de lado, a belíssima Alembic foi trocada pelos encantos da Fender e esse é apenas um dos detalhes que sacramentam esse grande momento. 27 de Agosto de 1972 foi uma tarde mística, é mais um daqueles dias que eu gostaria de ter vivido e ter feito parte deste clã de hippies.


Track List das faixas presentes no filme:
''Promised Land'' - Chuck Berry
''China Cat Sunflower''
''I Know You Rider''
''Jack Straw''
''Bird Song''
''Dark Star''
''El Paso''
''Sing Me Back Home''
''Greatest Story Ever Told''


O único problema é o preço de tudo isso. Arrematei tudo por 140 mangos e mesmo sendo um preço salgado, devo salientar que vale a pena. Pensem e repensem nas décadas de tratamento de imagem, na finalização dos discos, a bela capa e contracapa, os toques coloridos do picture disc...

O resultado final é de um esmero profundo e no fim das contas é o que conquista os fãs da banda dia após dia. É gratificante ver uma banda que se importa com seu legado e  no fim do dia ver o Jerry Garcia malhando o judas numa Fender é apenas mais um detalhe (!) Quando você terá a chance de ver tudo isso novamente? Vale a pena meu amigo, faça uma vaquinha que o Grateful Dead merece um lugar em sua coleção!

0 comentários: