Hard To Explain: More Shattered Dreams Funky Blues 1968-1984

A música é uma utopia sonora infinita. Seja qual for o dia da semana, o mês ou até mesmo o ano em que o senhor estiver vivendo, pode crer que teremos novos sons surgindo, outros ressurgindo e muita história para contada. É quase como se vivêssemos para que num tempo relativamente distante, os seres do futuro escutem nossa história como numa rara compilação.


E falando nelas, meu amigo, o que tem de peneirador de groove por aí é impressionante. Existem milhares de compilações registrando apenas o mais fino néctar do desconhecido. Reunião de Funky hits do Brasil, pirações com o groove dançante da Cumbia, Blueseiras perdidas, sons do Perú, bases Rastafarianas da gênesis do Reggae, psicodelia indiana...

Rapaz, é só pesquisar e começar a debulhar os fones, por que a cada dia que passa vejo que o mais importante é concluir: nós não sabemos porra nenhuma sobre música! Vivemos imersos na trilha, mas nunca sacaremos tudo que existe, tampouco tudo que queremos.

Tome a reunião ''Hard To Explain: More Shattered Dreams Funky Blues 1968-1984'', como exemplo, são 20 tracks reunindo o mais fino do Funk-Blues do final dos '60 até o meio dos '80 e se você falar que manja tudo que está listado nessa jam, você está mentindo.

Música: uma eterna caixa de pandora.



Track List:
''The Creeper'' – Freddy Robinson
''Gimme Some Of Yours (I’ll Give You Some Of Mine)'' – Artie White
''You Upset Me Baby'' – Larry Davis
''Walk On'' – Finis Tasby
''Getting Down'' – Obrey Wilson
''It’s Hard To Explain'' – Ray Agee
''Don’t Down Me People (Pt 1)'' – Memphis Soul
''Lovemaker'' – Lowell Fulsom
''Cold Sweat'' – Albert King
''I Want You'' – Smokey Wilson
''I Don’t Understand It'' – Ice Water Slim & The Fourth Floor
''Go Go Train'' – Smokey Wilson
''He Made You Mine'' – Big Daddy Rucker
''Find Something Else To Do'' – Finis Tasby
''Gettin’ Down With The Game'' – Adolph Jacobs
''I Finally Got You'' – Jimmy McCracklin
''Them Love Blues'' – Earl Wright
''Hey Little Girl'' – Tommy Youngblood
''Sister Rose'' – Shakey Jake Harris
''It’s Real (Pt 1)'' – Jimmy Robins


Reunido pela BGP (Beat Goes Public), essa coletânea (lançada no dia 27 de outubro de 2014) nos apresenta a um capítulo quentíssimo da história da música. É um retrato fortíssimo sobre o encontro de dois pilares da música negra: o Blues e o Funk, duas vertentes que corromperam tudo que surgiu depois e, que, nessas gravações, se provocam com uma classe e acidez inimaginável.

Aliás, um detalhe que vale ser ressaltado é que alguns singles saíram por labels grandes na época, o único problema é que a sorte acabou entrando em campo e não ajudando. Só que é sempre bom deixar claro que a fonte era de qualidade, pois se não fosse, duvido (e em toneladas), que a Stax e a Modern se interessariam por algumas das tracks que aqui estão listadas.


Resenhar um bem tão fragmentado assim seria bastante complicado. A música é belíssima, mas falar de tantos artistas de uma vez, citando apenas algumas passagens seria basta razo, a última coisa que um release sobre um trabalho dessa natureza pode ser. Existem notas que saíram em disco pela primeira vez aqui!

Apenas escute com atenção e conheça uma par de novos sons, de resto, sua coleção agradece e o mundo também conspira à favor de maneira positiva, afiinal de contas são raridades como essa que nos despertam tanta paixão por nossa musa: a música.

0 comentários: