Assista ao trailer de Jaco, documentário sobre Jaco Pastorius

Em tempos recentes a música ganhou as telonas com uma força avassaladora. Mas ai é que está o ponto, além de vários filmes falando sobre os maiores mitos do groove, o que vale ressaltar é como esses trabalhos foram criados: com feeling e com a intenção de serem reais, sem aumentar mitos já criados ou popularizar pura e esnobe babaquice.


Temos um documentário do Miles Davis sendo gravado, um do mestre Chet Baker, outro que vai sair dia 27 de novembro desse ano, abordando a vida da gloriosa Janis Joplin e mais petardo que também chegará este ano. Este último por sua vez aborda sobre um dos maiores baixistas de todos os tempos, talvez o maior deles, o transgressor e absoluto Jaco Pastorius.

Criador de um estilo único, tão original e extraterrestre que ninguém nunca conseguiu nem imitar, Jaco foi um dos caras que ajudou a redefinir a música, e com a ajuda de seu Jazz bass, cavou profundo, numa época onde muitos também experimentaram, mas nunca chegaram à camada pré-sal de sua música moderna. 

O supremo autodidata poderia ter feito muito mais pela música, caso tivesse habitado este plano por mais alguns verões, mas mesmo nos deixando com pouca idade, seu legado é ainda incalculável. E para que o mundo siga pulsando ao som de seu fretless, é inegável que o mestre merecia um documentário para contar sua história, esclarecer alguns fatos sobre sua morte e concluir os créditos como num solo fervilhante, à moda Pastorius.


Com a data de lançamento marcada para o dia 27 de novembro deste ano (no mesmo dia do DOC da senhora Lyn Joplin), ''Jaco the Film'', foi produzido por Robert Trujillo (talvez o maior entusiasta da obra Pastouriana em tempos recentes), e dirigido por Paul Marchand e Stephen Kijak.

Esse documentário revelará muita coisa jamais vista antes e ainda contará com entrevistas que envolveram só a nata do groove. Nomes como Bootsy Collins, Jonas Hellborg, Geddy Lee... Só os maiores foram escolhidos para pontuar factos sobre esse maestro.

Eis aqui um filme que promete algo nunca feito antes, uma cronologia completa, densa e irregular sobre um dos gênios mais vulneráveis que solou sem trastes. Serão quase duas horas de muito Jazz bass.

0 comentários: