Já viu o Hendrix tocando Shotgun ao vivo em 1965?

Quem não manja de Hendrix deve pensar que o cherokee teve a vida fácil de um herdeiro de família rica. Aquele lance parecido com vaga de trampo: se não for indicação, sem chance.

Não, definitivamente, esse não foi o caso do senhor Jimi. Fruto de uma relação tóxica, Hendrix sempre se agarrou a guitarra, até por que sem ela o que sobrava era o seu pai e aquele bafo de cana que ele já conhecia bem, desde quando cuidava do próprio irmão Leon, já que o aristocrata, vulgo Al Hendrix, devia estar fazendo algo mais importante.


Mas aos trancos e barrancos o cidadão cresceu. Depois de ficar alguns anos correndo o circuito underground britânico, sempre em atos correlatos a atrações como o grupo do quase pato, Little Richard, The Isley Brothers e Wilson Pickett (isso só pra citar alguns), o menino de Seattle abocanhou o mundo enquanto afinava sua Strato.

E mesmo que essa época não tenha nada semelhante com o som que o canhoto criaria mais pro final da década de 60 e começo dos '70, nada mais justo do que ver a gênesis do bombeiro de Monterey com um vídeo que resgata seu começo de carreira, lá no longínquo ano de 1965.


No vídeo abaixo é possível ver o meliante James Marshall tocando na banda de apoio do duo Buddy & Stacy, num cover de Junior Walter ("Shot gun") para o programa "Night Train", do mesmo ano. Parece até mentira que o mesmo cara que tocou nessa faixa iria tocar o hino em Woodstock.

Que isso, papai. Deixa eu pegar a bombinha de asma.

0 comentários: