Coloque um terno e escute o angelical R&B da Yazmin Lacey

Tem uns trabalhos que são tão exatos dentro daquilo que se propõe a fazer que chega a ser um crime escutá-los mal vestido. 

Não que pra sacar um Jazz você precise de um terno Armani, não, longe disso, mas tem umas gravações que andam saindo em 2018... Tem umas coisas aparecendo que a equipe do Macrocefalia Musical nem ouviu ainda por que não tem pano pra isso.


Trocadilhos a parte, o motivo pelo qual invoco até um traje no melhor estilo "Esporte Fino", é a cozinha da Yazmin Lacey.

Vocalista da mais refinada, a britânica de Nottingham foi responsável por dois grandes lançamentos nos últimos anos. Desde sua estréia, com o EP "Black Moon" (2017), até o seu mais recente lançamento, o cremoso "When The Sun Dips 90 Degrees", lançado no dia 22 de junho de 2018, a também produtora segue construindo um currículo impecável, tal qual o seu moderno blend de Soul, Jazz e beats (que ela mesma produz).


Track List:
"90 Degrees"
"Something My Heart Trusts"
"Burn & Rise"
"Heaven"
"Body Needs Healing"


Liberado pela First Word Records, mais um selo de UK que está ligadíssimo nesse tsunami de bandas que estão pipocando em todos os becos da Inglaterra, esse EP pega o clima do primeiro trampo e apenas amplifica a qualidade musical rumo a um beco sem saída que representa o quanto essa moça está preparada para gravar seu primeiro disco de estúdio. O formato de EP está pequeno demais para tanto bom gosto, feeling e groove.


No primeiro EP, a cantora recebeu apoio do grupo Three Body Trio. Com a missão de montar um plano de fundo repleto de texturas, o trabalho de base da banda ajudou a criar todos os climas que surgem durante as 6 faixas do primeiro EP.

Já para esse trabalho, quem fez o background sonoro foi Pete Beardsworth, saxofonista e beatmaker, também de Nottingham, líder do grupo que acompanha a cantora ao vivo. E foi assim, com letras de grande sensibilidade e um equilíbrio entro o groove e elementos eletrônicos, que a voz de Yazmin caminha com grande requinte, desde que começou a gravar.


Os timbres da bateria e da percussão da faixa de abertura ("90 Degrees") são um pequeno resumo do approach chill out que permeia, também esse segundo experimento. A bateria e a percussão de "Something My Heart Trusts" (segundo single desse EP, junto com "90 Degrees") equilibra o clima cool do Jazz, sem perder o groove e a emoção das interpretações.

Com detalhes sutis, como o baixo e os toques de sintetizadores de "Heaven", essas 5 faixas terão um lugar especial nos seus fones de ouvido. Uma aula de produção, uma voz bastante peculiar e um contexto sonoro tão fresco quanto os vocais de "Burn & Rise" e a percussão de "My Body Needs a Healing".

Esse som é perfeito pra quem diz que não tem como fazer um R&B sem soar datado. Coisa fina.


0 comentários: