Groove na NASA - Escute Objetos no Céu, novo EP do Pedro Salvador

Um dos pontos mais interessantes na música é a oportunidade de acompanhar o trabalho da cena e sentir a evolução do som. Notar as nuances entre um registro e outro... É um exercício interessante pra se fazer, ainda mais se for garimpando o cenário nacional.

E se tem um músico que vale a pena ficar ligado, principalmente em termos de diversidade de influências e aspirações, esse meliante é o multi instrumentista alagoano, Pedro Salvador. Guitarrista do power trio de Rock Progressivo, Necro, o músico natural da própria Alagoas possui um grande repertório musical, capaz de cobrir arestas que vão desde Frank Zappa até o Alceu Valença imitando o Raul Gil.

Foto: Gabriel Passos

A vívida produção de Pedro mostra como um músico com vasto vocabulário se reinventa. Seja no Messias Elétrico - outra bandaça de Prog de Alagoas - ou em carreira solo, com o excelente debutante homônimo, "Pedro Salvador", liberado pela Crooked Tree Records, Pedrinho está em todas.

Arte: Julia Danesi

Além dessas bandas, ele também participa do Origens, combo de Rock Progressivo do Alessandro Aru, requisitado baixista de Rock - também da terrinha - que reuniu os maiores músicos da cena local para gravar uma trilogia em comemoração aos seus 25 anos de carreira (celebrados em 2017). O primeiro volume saiu em 2016 e o volume II chegou na praça em 2018 graças ao selo da Abraxas.


Além de um dos melhores projetos Progressivos nacionais lançados nos últimos anos, Origens é o plano de fundo ideal para se entender e conhecer mais sobre o underground local. Bandas como Água Mineral, Mopho, Canela Seca, Cores Astrais, Barba de Gato, Cachorro Urubu, Santo Samba e Lado B, justificam a riqueza sonora e o fino trato dessa celebração.


É tanta bonança criativa que o Pedro, pra variar, voltou com mais uma agradabilíssima surpresa. O maior defeito do EP "Objetos no Céu", lançado no dia 05 de maio de 2018 é não ser um full lengh, pois as experimentações psicodélicas de Pedrinho mereciam mais tempo para mostrar a versatilidade com a qual ele dialoga com o ouvinte, mesmo sem dizer uma palavra sequer durante as 4 faixas desse instrumental.

Arte: Pedro Salvador


Track List:
"Objetos no Céu"
"Flagelo Moderno"
"Jogo de Gato"
"Extrapolações"


Com mais um lançamento pela Abraxas, Pedro tratou de tocar todos os instrumentos, algo comum em suas gravações solo. Dessa vez ele tocou guitarra, baixo, bateria e teclado - além de fazer a capa - para criar uma identidade sonora muito coesa.

O EP já começa com a faixa titulo. O trabalho de teclas e da bateria é muito interessante nesse tema. Elas caminham lado a lado, unidas pela guitarra. É notável como tudo se encaixa graças a um solo de rara eloquência.

"Flagelo Moderno" mostra a grande capacidade melódica de Pedro. As guitarras entrelaçadas no dedilhado da viola deixaram o som com um gosto de cerrado que é o mais puro veneno. Com aquele DNA de Pepeu Gomes, Pedrinho mostra um belo trabalho de texturas.

Mas é em jogo de gato que o alagoano se consagra. Com o teclado fazendo as vezes de cítara, o músico emula um groove com pegada de Ragga e entrega um dos temas que melhor sintetizam a criatividade do compositor, antes mesmo do encerramento com a veia Hard-Prog de "Extrapolações"... Apenas um dos adjetivos utilizados para definir o grande repertório  de um dos maiores músicos em atividade do nosso país. 

0 comentários: