O Joe Armon-Jones e sua versão jamaicana de Starting Today

Um dos registros maior luz própria que saíram em 2018 foi o primeiro disco solo do Jon Armon-Jones. Pianistas dos mais requisitados na cena Jazz de Londres, Jon é peça chave na formação de diversas bandas que hoje são destaque internacional nessa frente, como é o caso do grupo que apoia a saxofonista Nubya Garcia, além do projeto de Fusion do próprio tecladista, o Ezra Collective.


O interessante no entanto é que "Starting Today"- disco lançado no dia 04 de maio de 2018 - chega com uma abordagem inédita na carreira do também produtor. Cada um dos temas que formam o disco possuem a notável capacidade de criar um clima completamente diferente, do anterior, faixa após faixa.


Esse trabalho é a verdadeira prova de toda a capacidade e de todo o vocabulário do virtuoso musicista, natural da parte sul de Londres. E para provar que esse registro foi, não só um dos destaques do ano, mas também um exercício de criatividade que teve impacto imediato em sua carreira, que Joe revisitou sua obra mais recente e tirou mais caldo desse groove.


Track List:
"Starting Today Dub"
"Mollison Dub Vocal Version (feat. Ashberer)"


Lançado no dia 23 de novembro de 2018, "Starting Today In Dub" é um compacto com duas novas propostas jamaicanas para o groove de Joe. Liberado pela Brownswood Recordings, esse trampo é focado nas grandes influências de Reggae/Dub que o músico faz questão de mostrar por onde passa.


Ele já gravou Dub com seu grupo, o Ezra Collective, gravou mais um ("Mollison Dub") para a versão original do "Starting Today" e agora veio com mais duas estelares visões de Lee Scratch Perry para continuar trilhando seu caminho na cultura Sound System.


Com um approach mais espacial, bastante calcado na abordagem de grupos como o Creation Rebel, por exemplo, o pianista entrega uma visão psicodélica dos dreads. Contando com nova participação de Ashberer nos vocais, Joe segue expandindo, sempre com groove, Jazz, feeling e Dub.

A Jamaica é logo ali.

0 comentários: