Groove em NY: Rock Candy Funk Party ao vivo no Iridium

Depois que o Bonamassa percebeu que havia atingido um impasse criativo, ele criou o Rock Candy Funk Party e surgiu renovado no começo de 2013, quando seu novo projeto jogou o balanço de ''We Want O Groove'' no ventilador.

Depois o americano voltou a sentir a glicose nas guitarras e já embarcou em novos trampos solamente. Até mandou outro salve na Beth Hart pra começar a pensar em outro disco e etc e tal, mas tudo isso só aconteceu, depois de assumir seu lado Funkeado. Parece que de alguma forma, o groove teve um poder de cura para canalizar o anseio criativo do guitarrista.


Rapaz, o Joe não nasceu ontem, ele sabe que só o Funk é capaz de aplicar aquele reboot na máquina, e se você ainda ousa duvidar ao som dos discos, pegue o único DVD do Rock Candy Funk Party e conclua: o show dos caras no Iridium é um divisor de águas necessário na carreira de Joe, além de ser um trabalho que evidencia algo primordial: o Rock Candy Funk Party é uma banda e não um projeto paralelo.

Vale ressaltar inclusive que atualmente a banda encontra-se estacionada no terceiro disco de estúdio. Depois do sucesso do "We Want O Groove" - com sua capa fazendo referência ao "We Want Miles", do Miles Davis - ainda veio o "Groove Is King" (2015) e o "The Groove Cubeded", já em 2017. Se você não conhece o trampo dos caras, esse ao vivo é uma excelente oportunidade pra começar e já embarcar na trinca de belas gravações de estúdio que a banda já tem no currículo.


Com o debutante "We Want O Groove" (2013) e com esse ao vivo, lançado um ano depois, o grupo entrosou toda a cozinha só pra chegar em 2015 com o "Groove Is King" e em 2017 ao som do "The Groove Cubed" pra mostrar o poder dos metais e de uma cozinha mais puxada para o Disco, mas sem cair no puro revisionismo.

Trata-se de uma aula sobre groove moderno - com direito à Billy Gibbons narrando as tramóias do "Funkadamos" - alteroego que cadencia o swing como se fosse o estagiário do George Clinton.


Line Up:
Tal Bergman (bateria)
Joe Bonamassa (guitarra)
Renato Neto (teclado)
Ron DeJesus (guitarra)
Michael Merritt (baixo)
Daniel Sadownick (percussão)



Track List:
''Octopus-e''
''Work''
''We Want Groove''
''Heartbeat''
''New York Song''
''Spaztastic''
''Ode To Gee''
''Dope On A Rope''
''Best Ten Minutes Of Your Life''
''Steppin' In It''
''Mr. Clean''
''One Phone Call''


Lançado no dia 25 de fevereiro de 2014, esse DVD coloca o repertório dos caras pra dançar e mostra que apesar do Blues ser o prato principal da dieta Bonamassiana, o músico natural de Nova York gosta mesmo é de mostrar rebeldia com as sobremesas.


Bom, antes de falar das inúmeras qualidades desse registro, devo preparar os senhores que querem possuir o mesmo em sua respectiva estante. As versões disponíveis são em DVD com qualidade convencional, Blu-ray e com disco duplo. Mas isso só aparece como opção fora do Brasil, por que aqui o que chegou foi a versão deluxe - a versão mais cara  - que vem num pacote com os 2 CD's e o Blu-ray ou com o DVD substituindo o Blu-ray.

O preço é relativamente salgado, mas vale muito a pena, e se você tiver contatos na máfia ou amigos que porventura estejam viajando, encomende a versão deluxe nos Estados Unidos por que não passa de vinte doletas.


Agora, sobre o som, bom, vamos lá. A qualidade ficou estonteante e a finalização da própria caixinha também chama bastante atenção. Temos um belo livreto, um mini documentário com o clássico ''Behind the cenes'' e quase uma hora e quarenta minutos de jam.

A apresentação é excelente. Com seis músicos fantásticos, mostrando muito tesão e ainda tocando pra uma plateia absolutamente consternada com tamanha técnica, o Iridium foi uma bela escolha.



É bem verdade que a casa não comporta tantas pessoas, mas o clima intimista deu um toque de requinte no som. Bem casado com lindas texturas nos teclados, grooveado com uma dupla de guitarras azeitadas e com uma bela síncope na percussão e batera, o Rock Candy Funky Party se equilibra entre o Rock e Fusion com muita naturalidade.

No repertório, praticamente o "We Want O Groove" na íntegra. Tocado com a mesma exatidão do disco, depois que o DVD acaba dá até vontade de bater palma. As teclas de "The Best Ten Minutes Of Your Life" parecem até ativar aquele ideal sensacionalista só de ver que tem um brasileiro - o tecladista Renato Neto - no projeto. Vai achando que o som não pesa só por que é meio Jazz-Funk... O groove vai dar um caldo no seu fone de ouvido.

0 comentários: